Coleta Seletiva

Clique aqui e entenda como funciona a coleta de lixo em Santo André.

Nas cidades mais evoluídas do mundo, a Coleta Seletiva já faz parte do dia-a-dia das pessoas. Em Santo André, a Coleta Seletiva começou a ser implementada em 1997, com o trabalho piloto em alguns bairros e espaços públicos.

Os objetivos eram aliviar o aterro sanitário, melhorar a qualidade de vida da população e gerar trabalho e renda com a venda dos materiais recicláveis.  O piloto deu certo e foi aplicado em 60% da cidade, primeiramente.

Desde 2000 a coleta seletiva acontece em toda a cidade, de porta em porta. Os resíduos são separados pela própria população em dois recipientes distintos: um para lixo úmido (lixo de cozinha, banheiro e pequenas podas de jardim) e lixo seco/reciclável (embalagens, plásticos, papel, alumínio e outros materiais que podem ser reciclados). 

A Coleta também acontece em dias distintos e é realizada em caminhões coletores comuns. Os resíduos úmidos são coletados três vezes por semana e os resíduos secos, uma vez por semana. Na região central da cidade este serviço é executado diariamente.

A Coleta Seletiva beneficia pessoas que trabalham em programas sociais da cidade, e suas respectivas famílias. Por isso, a coleta favorece a inclusão social. Os resíduos recicláveis coletados no município são entregues às cooperativase ao programa da Usina de Papel.

Veja abaixo um quadro demonstrativo de quantos anos leva para cada material se decompor na natureza:

ResíduoAnos
VidroIndeterminado
Pneus 600
Lata de alumínio500
Fralda descartável 450
Sacolas plásticas400
Tampas de garrafas150
Embalagem longa vida100
Copos plásticos 50
Latas de aço10
Isopor8
Chicletes5
Bituca de cigarro1,6
Papel0,5

 

 Para saber os dias e horários em que a coleta seletiva passa em seu bairro, clique aqui.

 

Arquivos: